Voltei pra casa

Não foi fácil passar tanto tempo longe do Coisas que Gosto. Minhas atividades se multiplicaram e precisei me afastar. Na verdade, ainda estou muito atarefada, trabalho o dia inteiro e cuido da casa e da família. Tenho interesses fora daqui que são realmente importantes. Mas descobri que não posso me afastar desse bloguinho lindo, que amo tanto, principalmente porque muitos leitores me enviam mensagens constantemente dizendo que sentem muita falta das minhas postagens. E há tantas coisas lindas pra mostrar! Então, estou retornando hoje porque é um lugar que gosto realmente de ficar. Afinal, são mais de seis anos… não dá pra esquecer isso, né gente?  Enquanto escrevo isso, escuto Moonlight Sonata, composição de Beethoven, que traduz a sensação de paz e alegria que sinto agora. 

http://www.youtube.com/watch?v=4Tr0otuiQuU

Anúncios

Sofá velho de capa nova

Eu tinha visto uma capa para sofá na revista Minha Casa e decidi fazê-la, afinal o sofá cama que temos aqui tava precisando de um tapa no visual. Deu bastante trabalho, mas consegui terminar. Usei lona, mais ou menos 5 metros, e aí está o resultado, dá gosto sentar. As almofadas de fuxico foram feitas aproveitando uma manta que minha sogra havia feito pra mim há alguns anos.

Mudar de casa não é fácil, mas pode ser ótimo!

Pelo menos pra mim, não é fácil. Já mudamos muitas vezes e sempre sofro muito com a organização da mudança: desmontar, separar, encaixotar, desencaixotar, guardar, remontar… E finalmente chegamos à nova casa e então o estresse está apenas começando, certo? Errado. Para mim é a melhor parte da mudança porque não há aquela pressão, posso colocar as coisas no lugar com calma, embora encontrar o que precisamos não seja fácil. Estamos nessa fase: organizando tudo, esperando o montador dos móveis com caixas espalhadas pela casa inteira. Mas estamos felizes. É um apartamento bem grande, do jeito que queríamos, e o melhor: é nosso! Nem consigo descrever a sensação de deixar de pagar aluguel e começar a pagar algo que tem o nosso nome, pertence a nossos filhos. Bem, é isso! Talvez isso explique o meu sumiço aqui no Coisas que Gosto, o que espero conseguir reparar de algum jeito de agora em diante, principalmente porque o tema decoração está mais interessante do que nunca.

Uma casa ilustrada

Esta é a casa de Bu Lago Millán, artista argentina, que apareceu na Casa Chaucha em maio de 2011. É uma casa cheia de personalidade e aconchegante, que aparece no Anthology, ilustrada pela própria dona. Simplesmente encantadora.

Uma casa cheia de alegria

Tenho uma palavra pra descrever essa casa: alegria. Todas essas cores e imagens divertidas É a casa de Jane Foster, uma ilustradora britânica que trabalha com serigrafia e decorou toda a sua casa com essa arte. Direto do Lalole Blog.

Almofadas de lençóis usados

Esse projeto foi publicado no Design Sponge e é muito útil se você tem lençóis de algodão que estão velhinhos e precisam de uma nova utilidade. Transforme-os em almofadões para colocar num canto da sala ou na cama… Tem um aspecto rústico e parecem muito confortáveis. Quer uma aula maravilhosa de crochê circular? Clique aqui.Como cortar o lençol

Casinha cheia de graça

Eu trouxe essas imagens da Casa Chaucha, um blog argentino que fotografa casas decoradas por seus próprios donos e que, por esse motivo, têm a personalidade deles em cada detalhe charmoso, em cada objeto… São casas reais, onde nada é produzido pelos donos do blog para ser fotografado. A dona dessa casa é Bu Lago Millán, artista argentina. 

 

 

Uma casa muito charmosa

Da revista MiCasa, essa casa iluminada, ampla e confortável tem ambientes unidos pelos tons terrosos nas paredes, piso e pelos móveis brancos. Os encantadores detalhes coloridos deixam os ambientes muito aconchegantes.

Personalize o número da sua casa

Aprenda a personalizar o número da sua casa e receba com charme desde a entrada. O passo a passo acima é do Portal do Mosaico e as imagens a seguir da Revista Casa e Jardim.

 

Minha casa é um ovo!!!

ovo-casa

Você já ouviu a expressão “Minha casa é um ovo!”? Pois é, esse ovo aí da foto é uma casa. De verdade!! Criação da empresa dmv, da Bélgica, a casa tem banheiro,  cozinha e muito espaço pra camas e outros móveis e objetos. Veja mais fotos no Bocaberta.

ovo-casa-4

Dicas e truques para o dia-a-dia

  cozinha1

Imagem de Ceó Pontual.

Encontrei 220 dicas úteis para resolver pequenos problemas que surgem em casa, especialmente na cozinha. Aí estão algumas delas:

Para perfumar a cozinha depois de usá-la, coloque num recipiente (borrifador) álcool e cravo da índia, e deixe descansar por alguns dias. Depois, é só usar. Além de perfumar o ambiente, afasta as moscas.

Para seu bolo ficar mais fofo e crescer mais, dê duas ou três batidas leves com o fundo da forma em cima da mesa da cozinha, reduzindo assim as bolhas antes de ir para o forno.

Para facilitar a limpeza dos queimadores do fogão, ferva-os com água, sal, vinagre, gotas de limão e saponáceo em pó. Depois, esfregue com esponja de aço. Assim as manchas sairão mais rápido.

As folhas de alface conservarão como novas na geladeira se você colocar perto delas, um limão partido.

Para se ter um purê de batatas leve e fofo esprema as batatas ainda quentes, por isso cozinhe-as já descascadas. Aplique um pouco de leite em pó que deixara seu purê leve como suflê.

 Azeite caseiro: Para isso, fure algumas azeitonas com um garfo e coloque-as dentro de um recipiente com óleo. Deixe a mistura na geladeira por cinco dias.

Espero que sejam úteis mesmo.

Pessoas invisíveis ou como minha casa foi para o lixo

Eu comprei um pote de margarina e descobri que poderia concorrer a uma casa com cozinha, um carro com seguro, uma viagem pra Disney com a família e mais 30 mil reais. Já pensou? Fiz tudo certinho pra participar da promoção, então eu teria que guardar a embalagem pra comprovar o código caso fosse sorteada. Mas ela foi para o lixo! Já era! O carro do lixo passa aqui na minha rua às segundas, quartas e sextas-feiras à noite e fiquei pensando que os rapazes que jogaram o meu lixo no carro nem desconfiam que podem ter levado meu prêmio. Só pensei nos garis por causa desse episódio, aliás poucos pensam nos garis como pessoas, talvez enxerguemos apenas a função – é um caso de invisibilidade pública. Um psicólogo da USP,  Fernando Braga da Costa, escreveu sua dissertação de mestrado baseando-se nessa idéia. Vestiu-se como gari para trabalhar na própria universidade em que estuda e fez descobertas incríveis ao VER realmente como vivem e que os varredores são seres humanos. Infelizmente quase ninguém os vê assim. Segundo Fernando, “É como se a pessoa passasse por um poste, por uma árvore”. Vale a pena refletir.

Inspiração para decorar sua casa

Eu poderia passar um tempão folheando revistas de decoração para apreciar aqueles ambientes lindos e cheios de bom gosto. Foi o que fiz no site ViverBem, onde encontrei centenas de fotos encantadoras de salas, cozinhas, quartos e banheiros, tudo chiquérrimo, decorado com classe e para todo gosto. Não dá vontade parar de olhar as centenas de fotos da galeria. Tudo muito lindo! Dica do Márcio Guimarães.