Crianças ou animais?

Sair às ruas com os filhos presos a guias como se faz com cães parece muito conveniente a pais que não querem se dar ao trabalho de educar suas crianças. Uma escritora que gosto muito disse:

O ensino das crianças deve ser dirigido num princípio diferente do que governa o ensino de animais irracionais. Os animais devem apenas ser acostumados a se submeter a seu dono, mas a criança deve ser ensinada a se dominar. A vontade precisa ser ensinada a obedecer aos ditames da razão e da consciência. Pode a criança ser tão disciplinada que, como animal, não tenha vontade própria, perdendo-se sua individualidade na do mestre. Tal ensino é insensato e desastrosos os seus efeitos. As crianças educadas assim serão deficientes na firmeza e decisão. Não são ensinadas a agir por princípios; a faculdade não é fortalecida pelo exercício. Tanto quanto possível, deve cada criança ser ensinada a ter confiança em si mesma. Pondo em exercício as várias faculdades, aprenderá onde é mais forte e em que é mais deficiente. O instrutor sábio dará especial atenção ao desenvolvimento dos traços mais fracos, para que a criança possa formar um caráter bem equilibrado e harmonioso.

A rigorosa educação das crianças, sem lhes dirigir convenientemente o modo de pensar e proceder por si mesmas na medida que o permitam sua capacidade e as tendências da mente, para que assim elas se desenvolvam no pensar, nos sentimentos de respeito por si mesmas e na confiança na própria capacidade de executar, produzirá uma classe débil em força mental e moral. E quando se acham no mundo, para agir por si mesmas, revelarão o fato de que foram treinadas, como os animais, e não educadas. Em vez de sua vontade ser dirigida, foi forçada à obediência mediante rude disciplina por parte dos pais e mestres.

Ellen White

Veja as imagens abaixo. Parece que essa prática é muito normal em países europeus, felizmente não por aqui. Para as crianças cada gesto é uma lição e os efeitos de tal criação podem ser desastrosos. Mais uma vez: “E quando se acham no mundo, para agir por si mesmas, revelarão o fato de que foram treinadas, como os animais, e não educadas.”

Lesson for parents. Children on a leash (35 pics)

Lesson for parents. Children on a leash (35 pics)

Lesson for parents. Children on a leash (35 pics)

 Lesson for parents. Children on a leash (35 pics)

Lesson for parents. Children on a leash (35 pics)

 Lesson for parents. Children on a leash (35 pics)

Mais imagens nesse site.

Vi no Mother Joana.

Canal Natureza

natura3

O Canal Natureza tem imagens lindas da natureza, jogos, vídeos, papéis de parede e curiosidades ótimas sobre a água, plantas, bichos…  Algumas curiosidades que eu trouxe de lá:

● A hiena é conhecida por dar risada por causa do barulho de sua gargalhada ou do jeito que ela “ri”.

● A girafa tem um longo pescoço, mas apenas sete ossos nele – a mesma quantidade que as pessoas.

● Às vezes, dois ou três besouros brigam em cima de uma pequena bola de estrume.

● O maior deserto quente do mundo é o Saara, no norte da África. É quase o mesmo tamanho dos Estados Unidos.

● Os camelos têm sido utilizados para o transporte de mercadorias para o ser humano por mais de 4.500 anos.

● As folhas dos eucaliptos são venenosas para a maioria dos animais. Mas os coalas conseguem destruir esse veneno dentro do corpo deles, fazendo com que seja seguro comê-las.

● As lagartas dobram de tamanho a cada quatro ou cinco dias porque elas comem bastante.

As imagens são de excelente qualidade:

arara011

tigre021

girafa031

ra05

peixe05

libelula01

Quebra-cabeças anatômicos

Clique nas imagens para ampliar.

Atenção professores de Ciências, no Blog de Brinquedo vocês podem encontrar esses educativos quebra-cabeças anatômicos. O sapo, com 31 peças, o cavalo, com 26, o porco, com 19 e a vaca, com 29 peças. Veja aqui. Os quebra-cabeças de animais vêm com órgãos, ossos e músculos. O do corpo humano tem 46 peças e é composto por esqueleto, músculos e veias. Brincando se aprende muito!

O que podemos aprender com os animais?

A única diferença entre a pantera e o leopardo é a cor.

Um leão nunca utiliza sua força para humilhar outro.

Os elefantes nunca abandonam seus idosos.

Vi no Mundo a Fora.

Origami valioso

Os animais que estão desenhados nas cédulas de real aparecem nessa peças de origami que são fantásticas. Excelente idéia! Afinal, nossos animais são valiosíssimos, não? Criação da DCS, agência de propaganda gaúcha.

Vi no Why Me?

Mais sapos

Eu nunca gostei de sapos, são horríveis! Até que quando eles estão longe de mim, ou estão só no papel, desenhados e coloridos, são engraçadinhos e se a gente tem um amigo que gosta deles, pode até achá-los engraçadinhos. Mas os sapos de verdade, como esses que o Marco mostrou… Uh!

Acontece que estou sempre encontrando na internet homenagens aos sapos e descobri que não é só o Oscar que é fã desses bichos. Olha só que curiosas essas montagens, são os “sapos-vegetais”:

f.jpg
e.jpg

g.jpg

Vistos assim parecem até que são legais, né?

 

Sapos

frog.jpg

frog2.jpg

Esses vídeos incríveis mostram, em câmara lenta, como sapos atacam suas presas. Para ver os vídeos, é só clicar nas imagens.

Especial para Oscar Luiz.

Vi no Caixa Preta.

Bibliotecas móveis – mulas e camelos

Na Venezuela, estudantes universitários colocam livros sobre mulas e vão para povoados distantes distribuir para pessoas que não têm acesso à leitura. O projeto é uma iniciativa da Universidade de Momboy e é um grande sucesso entre as comunidades beneficiadas. O próximo projeto é levar a internet às vilas.   

mula1.jpg

Esse projeto surgiu no Kenya e a autora é Masha Hamilton, que usou camelos para levar livros para pessoas que vivem em condições crônicas de pobreza.

mula2.jpg

Iniciativas como essas são comoventes e dignas de muitos aplausos. Essas pessoas estão dando a crianças e adultos pobres uma oportunidade de ter acesso à educação e sonhar com um futuro melhor. Sabe aquela história de que não basta dar o peixe? Pois é, ele estão ensinando o povo a pescar… O mundo inteiro deveria seguir o exemplo.

Essa notícia está aqui. Vi no Inusitatus.