Falta de respeito

Hoje, quando meu marido, meus filhos e eu vínhamos pra casa, vimos algo que nos deixou revoltados: na entrada de um prédio no bairro onde moramos há um obstáculo construído com o fim exclusivo de impedir a passagem de pessoas. Como se não bastasse essa falta de respeito, motoristas nada educados acharam por bem estacionar uma moto e uma van ao lado do tal obstáculo. Ficou impossível de passar e tivemos que dar a volta e passar pela rua que é supermovimentada, nós e os outros pedestres. Olha só:

Procura-se uma mesa dobrável

Pra caber na minha cozinha, ela precisa ser mais ou menos assim:

Quero essa mesa!

Se alguém souber onde compro uma, por favor, me avise nos comentários…

Essa aí vi no blog De-Coração.

Atualizando: Vi na Tok Stok uma igualzinha a essa:

Cara a Cara – Marcos Vidal

Solamente una palabra, solamente una oración
Cuando llegue a tu presencia, o Señor… No me importa en que lugar
De la mesa me hagas sentar…. O el color de mi corona…
Si la llego a ganar… Solamente una palabra,
Si es que aun me queda voz, y si logro articularla en
Tú presencia…
No te quiero hacer preguntas, solo una petición…
Y si puede ser a solas, mucho mejor…
Solo déjame mirarte cara a cara…
Y perderme como un niño en tu mirada…
Y que pase mucho tiempo, y que nadie diga nada
Porque estoy viendo al maestro… cara a cara
Que se ahogue en mi recuerdo en tu mirada…
Quiero amarte en el silencio y sin palabras
Y que pase mucho tiempo, y que nadie diga nada…
Solo déjame mirarte cara a cara…

Solamente una palabra, solamente una oración
Cuando llegue a tu presencia o señor…
No me importa en que lugar de la mesa me hagas sentar…
O el color de mi corona si la llego a ganar…
Solo déjame mirarte cara a cara,
Aunque caiga derretido en tu mirada,
Derrotado y desde el suelo
Tembloroso y sin aliento
Aun te seguiré mirando…
Mi maestro…
Cuando caiga entre tus plantas…
De rodillas…
Déjame llorar pegado a tus heridas
Y que pase mucho tiempo y que nadie me lo impida
Que esperado este momento…
Toda mi vida…

Flores pra mim

Eu sempre conto aqui no Coisas quando faço aniversário… Pois é, hoje completo 42 aninhos! Me sinto muito feliz, cada vez mais bela. Tenho uma família incrível, amigos queridos, um trabalho que amo e sou cada  dia mais grata a Deus por tudo o que Ele tem feito por nós.

Quanto a mim, confio em Teu infalível amor. Meu coração se alegra na Tua salvação. Salmos 13:5

Essa é a porta de entrada da minha casinha. Os amigos são bem-vindos!