Um pedófilo no quarto do seu filho

Imagine a cena: uma mãe terrivelmente cansada e muito ocupada abre a porta e vê um homem pervertido que diz: “Você está tão cansada, me deixe  cuidar de seu filho ou filha!” E a mãe, sem questionar, permite que o homem mau entre, vá para o quarto da criança e feche a porta. O que acontece lá, a mãe desconhece. Parece absurdo, mas acontece algo parecido quando os pais colocam uma televisão ou um computador no quarto dos filhos e deixam que usem à vontade sem nenhuma supervisão.

children_computergames.jpg

Alguns consideram a tecnologia uma grande aliada na criação dos filhos quando os pais trabalham fora e não podem dar a atenção que as crianças precisam, mas ninguém duvida que as famílias estão em perigo por causa disso. O acesso à pornografia é muito fácil e qualquer criança pode encontrar material pornográfico enquanto usa a internet. Quando uma criança pesquisa em algum site de imagens a palavra brinquedo (parece uma idéia inocente, não?), pode facilmente se deparar com imagens de brinquedos sexuais, o que pode aguçar sua curiosidade e levá-la a sites que uma criança jamais deveria visitar. Quanto à televisão, novelas, comerciais e programas estão repletos de imagens e linguagem impróprias para crianças. Expor crianças e adolescentes à pornografia é perigoso para a saúde mental deles. Segundo James Dobson (2006, p. 200) muitos homens que cederam a apetites sexuais perversos os atribuiram ao começo de sua adolescência. É o caso de Teddy Bundy, eletrocutado na Flórida em 1989 pelo assassinato de pelo menos 28 mulheres e meninas (esse número pode chegar a 100), que iniciou sua vida trágica de violência sexual quando encontrou, aos 13 anos, material pornográfico numa lata de lixo. 

Os pedófilos já foram crianças, já foram adolescentes que certamente foram afetados por obscenidades que os estimularam sexualmente. A presença dos pais nessa fase (e em todas as outras) tão difícil, é imprescindível para que o sexo seja compreendido como algo saudável para o futuro dos filhos e eles possam construir um bom lar.

Para os pais que se preocupam com a criação de seus filhos, é difícil lutar contra a televisão, a internet, o vizinho que fala palavrões, os colegas da escola que tem acesso a tudo… Nossa atenção deve ser total, devemos ser vigilantes e, principalmente desenvolver entre nós e nossos filhos uma relação especial de amizade e cumplicidade. Muitas crianças apreciariam muito mais passar um tempo com os pais, brincando de bola ou rolando no chão do que ganhar brinquedos caros.   

image57.jpg

Cada criança precisa sentir que faz parte de algo especial, que é a família. Esse senso de pertencer, desenvolvido a partir da proximidade entre pais e filhos é o que vai fortalecer o caráter deles e protegê-los contra a cultura que conspira contra as famílias.

Para refletir: “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso que ocupe o vosso pensamento.” Filipenses 4:8

Muito sucesso nessa campanha para Luma e os demais participantes: 

Amigos da Blogosfera, Lys, Andreia Motta,Tania Defensora, Sahmany, Carlos Fran,Cidao, Rosane, Claudia Pit, Leonardo Rocha Pena, Mário Leal, Ronald, Jorge Araujo, David Santos, Chicoelho, Tito Livio, Marco Ferreira, Rafael Rap, Taliesin, Ru Correa, Carlos Jr., Maria Augusta, Simone Zelner, Luci Lacey, Vitoria, Evellyn, Cilene Bonfim, Veridiana Serpa, Silvano Vilela, Grace Olsson, Lino Resende, Elisabete Cunha, Dullim, Daniela Pontes, Cha verde com limao, Aninha Pontes, Junior, Aju, Patty, Fabiola, Meiroca, Fabio Max,Rodrigo Villasboas, Diego Pacheco, Nemias, Leticia Coelho, Lucia Freitas, Rui Nelson, Sonia, Flavio, Victor Fontana, Samantha Shiraishi, Bruna, Marcos Pontes, Luciane, Principe Tito, Sergio Ricardo, Teresa Freire, Dª Anja, Roberto Balestra, Dario Velasco, Juca, Sergio, Mirella, Desabafo de mae, Oscar, Flainando na web, Gente sem saude, Pedro IvoFabiana, Aline Silva Dexheimer, Val Barbieri, Juzinha, Dono do Bar, Rosamaria,Flavia, Odele Souza, Lunna Montez’zinny, Nerio Junior, Paula Goes, Herika, Chuvinha, Georgia Aegerter, Adri-Dri-Drika, Ola, Maria, Ana Cranes, Leonor Cordeiro, O mundo encantado de Cecilia Meireles, Madalena Barranco, Mara Fortuna, Luiza Helena, Monika Mayer, Turmalina, Everson, Edson Marques, Maria Laura, Fernanda, Elvira Carvalho, Chawca, Jens, Ricardo Rayol, Amigona, Janaina de Almeida, Naldy, A Abiose Maringaense, Oliva Verde, Ziggy, Miguel, Rui Nelson, Heloisa, Maria Clarinda, Pegasus, Caleydoscope Eyes, Cristiane Fetter, Paula Barros, Heloisa, Rakel Macedo, Tony, Miosotis Obidos, Lucas Ghellere, Sonia Horn Nascimento, Renata Christina, Claudia, Sclair, Tati Sabino, Landinho, Ana Paula, Aurea, Garfio, Xico Lopes, Anunciacao, Tina, Mutumutum, Karina, Lucia Helena F. Moura, Teresa Freire, Raul Rudoisxis, Willian Mendes, Maria da Conceicao Banza, Meyviu, Laura, Rosa Silvestre, Pata Irada, Vrouw, Parvinha, Sombra do Sol, Kleverson Neves, Jake, Euza Noronha, Arco-iris, Ecclesiae Dei, Taty Ferreira, Julio Moraes, Afonso, o Chato, Regina Celia Simoes, Gighiggi, Tomavana, Cristina, Tanya, Daniel Mafinski Biz, Sophia Mar, Rodrigo Reis, Nadja, Luiza Gaivota, Ingrid, Sergio Issamu, Antonio Madrid, Peciscas, Maria Augusta, Looking4good, Ricardo Cobra Martinez, Teo Victor, Gustavo Chaves, Pena, Sergio Coutinho, Fernando Cury, Baby, Isabel Filipe, Ana Sofia, Andrea Sig Mundi, Sandra Mora.

 

Anúncios

26 respostas em “Um pedófilo no quarto do seu filho

  1. Querida é assustador saber que o perigo pode estar dentro
    da nossa casa!!! Por enquanto minha filha ainda está pequena
    mais tenho medo do futuro, tento ser presente e vigilante!!
    O assunto é sério…
    Beijos !!!!!!

  2. Olá!
    Sempre abominei a prática da pedofilia e me revolto pela mesma não se configurar como crime em noso código penal. Estou no 4º ano de direito e farei minha monografia abordando esse tema que necessita ser trabalhado na sociedade, para que todos possam dar a importância que o tema realmente exige. Está cada vez mais comum a referida prática e as pessoas estão passivas diante de tamanha ” ABERRAÇÃO”.É sem dúvida,uma prática, que “mata” a vítima, mesmo estando viva.
    Quando iniciar meu trabalho, vou precisar da ajuda de todos que como eu,espera ver a legislaçao mudar. Farei um trabalho de conscientização e mobilização nacional, mundial se Deus quiser! Caso tenham matérias sobre o assunto, me indiquem por favor.
    Sou do interior de minas, casada mãe de 2 filhos. Sempre fui vigilante, não confio em ninguém a segurança dos meus filhos. E os oriento como proceder diante das pessoas e o mais importante: dizer sempre a verdade aos pais, ainda que tenha feito algo errado, se disser a verdade não será castigado.
    Abraços
    Deo

  3. Helô:

    Os pais tem que ficar atentos!
    No meio de tanta tecnologia e informação
    existem pessoas que querem se aproveitar
    da inocência de nossas crianças e de certa forma
    da solidão em que se encontram.
    Solidão esta, gerada pela ausência dos pais.
    Sou mãe e compreendo qua apesar de todo o cansaço
    do trabalho e as muitas ocupações que temos,
    precisamos estar presentes e proteger nossas crianças
    das agressões que são expostas pela internet.
    Sua postagem leva a uma profunda reflexão,
    sobre um assunto importantíssimo.
    Parabéns!
    Beijo.

  4. Heloisa, me perdoe, mas somente hoje ví esse post.
    Quewria ter participado no dia, mas meu pc deu problemas e fiquei um tempo sem atualizar minhas coisas.
    Mas já coloquei uma prévia do seu post no blog e queria saber se posso usar a logo da campanha contra pedofilia no meu blog.

    beijão

  5. Pingback: Um pedófilo no quarto do seu filho « Memórias, crônicas, declarações de amor e muito blá blá blá…

  6. Ei Helô linda,
    Obrigada por sua visita e por seu comentário quanto ao Aukimia. Fiquei muito feliz com o resultado da reformulação do blog!
    Grande beijo no seu coração e tenha um ótimo fim de semana!

  7. As pessoas, quando pensam em pedofilia, pensam logo em internet, o que ñ é errado, mas eu mesma fui vítima de um pedófilo aos 7 anos de idade (em 1971). Contei isso só uma vez para uma sobrinha, pq precisava desabafar, ela (sobrinha ja era adulta) ficou bastante transtornada com a história. Era um velhinho que morava enfrente da minha casa. Ele devia ter uns 80 anos, mal andava e eu costumava ir na casa dele para comer das mangas que a bela mangueira do quintal dele dava. Subia e chupava mangas até ñ querer mais. Ele era quase cego e quem me levou ao quarto dele foi a própria mulher dele. Então conversávamos, eu e ele sobre vários assuntos até que um dia…aconteceu. Demorei a voltar lá, mas a senhora (mulher dele) me disse que ele estava muito triste pq eu ñ tinha aparecido mais. Daí eu o visitava de vez em quando, mas tinha medo de ele me machucar, mas ele era meu “amigo” e eu ñ queria desapontá-lo. Graças á Deus logo me mudei de lá e vim do interior para São Paulo. Lembro do cheiro dele até hoje, aquele cheiro de pijama velho, suor, velhice e aquela barba cerrada no meu corpo. Sinto asco e só pra acabar com isso, minha vida sexual com meu marido é uma lástima, mas nunca comtei isso á ele pra ñ piorar as coisas, machista como ele é ñ entenderia. Prestem atenção quando seus filhos saem de casa, pra casa de algum amiguinho, pois o tio dele pode estar abusando de seu filho. Bjus.

  8. Excelente comparação, a dos pais que deixam o homem entrar na casa. A internet é uma terrível propagadora de chagas sexuais, como a pedofilia. Orkut, MSN, blogs, salas de discussão, até joguinhos on-line e outras trocentas alternativas cibernéticas, certamente atraem bastante a criança… e os pais devem tomar todo o cuidado possível; mas todo cuidado MESMO, visualizando o histórico de navegação, os bate-papos salvos, até a “lixeira”… coisas tão simples, mas que os pais qse sempre não fazem…

    Agora, dureza é qdo a pedofilia é praticada pelos PRÓPRIOS pais… e, no Brasil, isso ocorre com uma frequência impressionante 😦

    Excelente post. Parabéns o/

  9. Pingback: Entrevista com Luma Rosa « A vida como a vida quer

  10. Pingback: Amigos da Blogosfera » Blog Archive » Mais de 240 blogs Contra a pedofilia!

  11. Heloisa, tocou no ponto certo! Pais ausentes fazem os filhos confiarem em quem não deve. Manter uma rotina em que, mesmo para os pais que trabalham fora, ao encontrar seus filhos, esses possam confiar tudo aquilo que passaram pelo dia, principalmente as dúvidas. Mas e quando são os pais os agressores? 😦 Obrigada pela participação! Beijus

  12. Que horror isso, né Heloísa!
    Difícil até de imaginar, que dirá, discutir.
    Eu espero que todo esse barulho sirva pelo menos pra chamar as pessoas à reflexão e que se atentem mais à possibilidade dessa monstruosidade.
    Parabéns pela sua participação.
    Um beijo! Saudade!

  13. Belíssimo texto. Quem faz da tv ou do computador a babá eletrônica dos filhos, ou deixa sua educação e orientação nas mãos de estranhos, está, inadivertidamente, abrindo as portas de um mundo potencialmente maléfico para suas crias. A vigilância, o diálogo e o acompanhamento diário são as melhores armas para tentar, pelo menos, evitar esse crime terrível.

  14. Pingback: Blogagem Coletiva Contra a Pedofilia Erótica — Documento Tupiniquim

  15. Boa noite, nosso mundo da blogosfera é fascinante, sozinhos não somos nada, mas unidos temos forças para mover toda sociedade, pena que nem todos pensam assim.
    A pedofilia é um crime hediondo, os pedófilos devem ser julgados e severamente punidos, não sei é se nossos governantes pensarão da mesma maneira. Pois se até mudam as leis para proteger alguns. Parabéns pelo seu post, muito bem elaborado. Ofereço minha amizade e minha admiração. Abraços fraternos do amigo.

  16. Olá,
    cheguei aqui através da Luma.
    Tem toda a razão, por isso tenho negado aos meus filhos tv no quarto e computador só na sala comum. Ainda são pequenos( 6 e 5 anos) mas a educação vai nessa linha. No ano passado falei com o mais velhinho, quando foi p/ a escola, dizendo que não permitisse que ninguém lhe tocasse nos orgãos sexuais e se alguém o fizesse que me contasse, ainda que esse alguém lhe falasse p/ ñ o fazer! Temos que os informar, para prevenir e ficar sempre vigilantes!
    Bjs

  17. Olá, faço parte dos amigos da Blogsfera e estou juntamente engajada nessa blogagem coletiva, é lamentável conviver com tais barbaridades em dias atuais.

    Porém, estou feliz pois a cada novo blog que visito, encontro informações diferentes e excelentes.
    Creio que assim atingiremos um numero grande de pessoas e somente informação é capaz de manter pais e responsáveis em alertas!!

    parabéns pelas informações passadas!

    bjs
    Cláudia Pit

  18. Olá!
    Eu estive lendo sobre o assunto e o que mais me chamou a atenção foi saber que existe grupos activistas a fovar da pedofilia. Triste mais existe!
    Eu me pergunto desde que li sobre o assunto: Será que essas pessoas não tem filhos?! Não tiveram uma infância?!

    Grande Abraço!

    Carlos Fran
    AmigosDaBlogosfera.org

    blog pessoal:carlosfran.com

  19. Pingback: PEDOFILIA- A VIOLÊNCIA COMO DOENÇA « encanto

Fico muito feliz quando você faz um comentário. Volte mais vezes.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s