Sejamos bondosos

Na Escócia havia um pobre agricultor cujo sobrenome era Fleming. Um dia, enquanto trabalhava para conseguir o sustento da família,  ouviu um grito vindo de um pântano que havia ali perto. Ele largou suas ferramentas e correu até lá. Submerso até quase os ombros estava um menino assustado tentando de todas as maneiras sair daquele lodo escuro e pegajoso. O agricultor salvou o garoto daquilo que poderia ter sido uma lenta e terrível morte.

Um dia depois, uma fina carruagem estacionou nas imediações da choupana do pobre escocês. Um nobre elegantemente vestido desceu e apresentou-se como sendo o pai do menino salvo da morte pelo agricultor Fleming.

– Quero recompensá-lo – disse o nobre – você salvou a vida do meu filho.

– Não posso aceitar nenhum pagamento pelo que fiz – respondeu o o agricultor escocês, abanando as mãos em protesto.

Nesse momento, aparece o filho do próprio agricultor na porta da choupana.

– Este é seu filho? – o nobre perguntou?

– Sim – o agricultor respondeu orgulhosamente.

– Gostaria de fazer um negócio com um senhor. Deixe-me levá-lo para dar-lhe uma boa educação. Se o seu filho for parecido com o pai, certamente se tornará um homem do qual poderá se orgulhar.

O agricultor permitiu. Passados alguns anos, o rapaz se formou na escola de medicina do Hospital Saint Mary, de Londres. Ficou conhecido ao redor do mundo como o famoso Dr. Alexander Fleming, descobridor da penicilina.

Algum tempo mais tarde, o filho daquele nobre, o mesmo que fora salvo pelo pai de Alexander, foi acometido de pneumonia. O que salvou sua vida? Sim, a penicilina. O nome do nobre? Lord Randolph Churchill. O nome de seu filho? Sir Wiston Churchill, primeiro-ministro britânico durante  a Segunda Guerra Mundial.

Sejamos bondosos. Mais cedo ou mais tarde, o resultado de nossa bondade poderá chegar de volta em momento muito oportuno.

Fonte: Inspiração Juvenil 2007 (de 21 de novembro)

Anúncios

3 respostas em “Sejamos bondosos

  1. Nossa! Essa história é sensacional!
    Eu já a havia lido mas a perdi e acabei esquecendo de postar.
    Agora sei de onde vou tirar pra postar. Hehe!
    Beijos, querida!
    Passa lá em casa. Deixa um alô no meu mapinha da entrada…

Fico muito feliz quando você faz um comentário. Volte mais vezes.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s